Ensino Fundamental: 1º ao 5º Ano

        

Formando estudantes: o professor Pierluigi Piazzi afirma que “existem milhões de alunos, porém, pouquíssimos estudantes”. Apesar de serem consideradas sinônimas, as palavras aluno e estudante possuem diferenças práticas relevantes. Partindo do conceito do saudoso professor Pier, como gostava de ser chamado, aluno é aquele matriculado numa escola regular de ensino, que frequenta as aulas, anota o que professor ensina, tira algumas dúvidas, se comporta bem em sala de aula e realiza as tarefas para casa, estritamente como solicitado pelo professor. Alguns até obtêm algum êxito nas avaliações, mas se esquecem logo do conteúdo ensinado. É aquele que estuda para a prova e não para aprender. Já o estudante, é proativo, vai além do que lhe foi passado pelo professor em sala de aula, questiona, levanta hipóteses e possibilidades para as questões, estuda, pesquisa, todos os dias, preparando-se não para as avaliações simplesmente, mas para construir o seu próprio conhecimento e desenvolver a sua inteligência, abraçando o lema do professor Pier: “aula dada, aula estudada no dia”. A didática e procedimento avaliativo da Escola Graça Maior valoriza o estudante, oportunizando tarefas de casa que vivenciem estudos dirigidos da aula dada no dia e valorizando, sobretudo, a produção e o resultado do trabalho do estudante. 

   

Honrando estudantes:  homenagem aos estudantes, a cada final de etapa, concedendo-se, em cerimônia específica, certificado àqueles que obtiverem rendimento médio igual ou superior a 90% (noventa por cento) na respectiva etapa e que tenha demonstrado princípios cristãos, respeito, dedicação e disciplina em sala de aula, apresentando-os como exemplos para os estudantes de todos os níveis de ensino e para a comunidade escolar.